De onde vem a inspiração?

Escrever, talvez mais do que qualquer outra arte, é a que mais exige inspiração. Na pintura ou na escultura ela é necessária, porém o talento prevalece. Nas artes teatrais ela ajuda, mas a vocação e a sensibilidade predominam. Até na música ela é importante, mas a vivência e a percepção sonora é que são essenciais. Agora para sacar letras e frases combinadas, para conseguir compor um texto que não seja maçante nem racional demais, a inspiração é a presença mais importante.  É a noiva do nosso casamento de letras. O texto deve fluir, e não ser intimado a sair. Essa é a sutil diferença entre um bom texto e um texto correto. Sem tempero, mediano. Texto aquele que nunca deveria ter sido escrito.

É necessário aprender a ler também, porque quem não lê não sabe escrever. Fato. Ler de verdade, devorar livros, ter paixão por isso, se perder em histórias que não são as suas. Viver outras vidas. Porque pelo que se saiba, essa é a única forma de se viver infinitas vezes. Lendo. Porque colocar outras realidades para dentro é como causar uma tempestade de idéias, já que elas, mais hora menos hora, vão ter que chover.

Porém a inspiração não tem hora para chegar. Não é possível programá-la, nem segurá-la por perto. Ela tem vida própria. E vive dentro de nós, como um parasita. Pode nos atormentar por meses com a sua ausência, ou melhor, com a sua não aparição. Já que sabemos que ela está lá, mas não tem o menor interesse em dar as caras. Assim como ela pode surgir, por exemplo, linda e poderosa, no momento em que você desperta, bem cedo de manhã. Assim como ela aparece, reluzente, na hora em que você menos espera. Para quem escreve, uma dica valiosa: nunca subestime esses momentos. Escreva no celular, na mão, até na parede, mas não deixe uma boa idéia escapar. Você pode até achar que vai, mas acredite, não vai de forma alguma relembrar esse insight horas ou até mesmo poucos minutos depois.

É possível que você aprenda toda a gramática. É provável que você saiba sem erros conjugar todos os verbos, e pontuar com perfeição um parágrafo. Mas a inspiração, ninguém pode te ensinar como adquirir. Ninguém pode colocá-la dentro de você. Ela é inacessível de quase todas as formas. Entretanto, a inspiração pode sim ser presenteada. Pessoas que surgem na sua vida, aleatoriamente, trazendo cores infinitas e alegrias não imaginadas, que enfeitam de arco íris um dia cinza. Elas sim te enviam o presente inspirador. Um gato que surge no horizonte, uma revoada de maritacas. Pessoas num prédio, ausência de colorido numa nuvem. São as inspirações, disfarçadas de cotidiano. É um grande amor, camuflado em visível satisfação.

Enfim, a inspiração pode ser presenteada, até estimulada, porém quem a conhece sabe que não adianta invocar sua presença, e nenhum prazo, dinheiro ou trabalho é capaz de fazê-la colaborar quando mais precisamos. Ela quer amor. Ela quer sentir a sua felicidade, para daí colocar as mangas de fora e suavemente mostrar a que veio. Mas a ela apenas interessa escrever sobre o objeto de desejo. Seja o que for ele. Muitas vezes existe um assunto pré determinado sobre o qual queremos escrever, mas não adianta, as letras se embaralham de tal forma que compõe apenas aquele quadro que a inspiração tanto quer ver. Que a gente quer, bem lá no fundo, observar também.

Meses de dedicação, e a tela continua em branco. Madrugadas furiosas, teclando sem parar. São extremos a que nós, simples escritores, pensadores à mercê de uma caprichosa dama, temos que aprender a conviver. Um livro inteiro pode sair em duas semanas de trabalho ininterrupto, da mesma forma como uma única coluna pode nos levar ao desespero ao cabo de um mês sem boas idéias. Amar sempre, o segredo para atrair a inspiração. Amar a tudo, a todos, a felicidade e a tristeza também. Porque a inspiração não é atraída apenas por sentimentos supostamente bonitos, ela vem também nos momentos de mágoa e agonia. Ela procura quem sente. Ela desabrocha dentro de quem não tem medo do mundo que existe dentro de si.

2 comentários em “De onde vem a inspiração?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s