Dia dos Amigos

Poema do amigo aprendiz

Quero ser o teu amigo. Nem demais e nem de menos.
Nem tão longe e nem tão perto.
Na medida mais precisa que eu puder.
Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida,
Da maneira mais discreta que eu souber.
Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar.
Sem forçar tua vontade.
Sem falar, quando for hora de calar.
E sem calar, quando for hora de falar.
Nem ausente, nem presente por demais.
Simplesmente, calmamente, ser-te paz.
É bonito ser amigo, mas confesso é tão difícil aprender!
E por isso eu te suplico paciência.
Vou encher este teu rosto de lembranças,
Dá-me tempo, de acertar nossas distâncias…

Autor Desconhecido

Quero dizer para todos os meus amigos, sejam de longa data ou recentes, presentes constantemente ou só de vez em quando, os amigos de bebedeira ou de estudos, as amizades que já foram coloridas, os amigos da minha época sem filhos, as amigas que são mães, amigos que são família e amigos que são os melhores: todos vocês são importantes, e levo um pouco de cada um comigo.

Obrigada por todos os momentos que passamos juntos e espero ansiosamente pela proxima vez que vamos nos encontrar.

Beijos  e abraços de amigo…

Um comentário em “Dia dos Amigos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s